#17 As lendáris Ruínas da Vila Kurasawa


970664_541868125860513_878490523_n

 

Fonte 

As lendáris Ruínas da Vila Kurasawa

Konnichiwa Minna

  Aki mais um special para vcs ;p 

As ruínas desta lendária vila são tão misteriosas além do mais são raras as publicações sobre ela (nuuus parabens Rusmea ;p) e contraditórias na web japan e sua existência era praticamente uma lenda urbana…

Por incrível que pareça, a localização dessa etérea vila está bem próxima da capital Tókio o que é bem estranho não por ser uma cidade grande e muito populosa e explorar a locais perto seria algo comum ne e é no distrito de Okutama, região onde se encontra também o teleférico abandonado, postado no rusmea.com Riso </p>
<p>For e creio que já deu pra perceber mas de qualquer forma créditos para Rusmea !!!
Segue adaptação:

“Em janeiro de 1940 (Showa ano 15), houve o início da terraplenagem para receber a futura vila em Okutama, findando essas obras em maio do mesmo ano. Em 1943, foram iniciadas as construções e um ano após, o local contava com um refeitório, um quarto de banhos comunitário, uma escola e 16 casas, chegando a ter um total de 200 pessoas morando no assentamento.
No entanto, foram construídas logo em seguida no vale de Nippara em Okutama, 7 moradias para funcionários e em maio de 1954 (Showa ano 29), começaram as obras para a criação de 24 alojamentos familiares e 20 alojamentos para solteiros. Além das pessoas terem ido morar em Nippara, com a conclusão dos novos alojamentos em 1958, a vilinha acabou sendo abandonado aos poucos devido também, ao declínio da exploração de carvão vegetal ou mineral” segundo as contraditórias fontes…
“Para alcançar a vila de Kurasawa, é preciso seguir a pé por uma trilha na montanha. 
A vila se encontro logo adiante deste famoso local turístico, o cipreste de Kurasawa, uma árvore com mais de 600 anos.


Andando mais um pouco, se encontra a escadaria que leva a vila, que está assentada sobre uma plataforma de alicerces de pedra.

 A vila parece ser bem antiga.


Com o sucesso na exploração de carvão mineral, a corporação Okutama, construiu alojamentos para funcionários, nascendo assim a vila de Kurasawa.

Avançando por uma estradinha através da vila em ruínas…


…Se chega ao ou outro lado em pouquíssimo tempo, pois a área total da vila é de 600 metros.

Nesta vila haviam além das casas para funcionários, um ambulatório, um quarto de banhos comunitário, um salão para reuniões da comunidade, um refeitório e uma barbearia.


E à propósito, isto é o que sobrou da cadeira da barbearia.

A única casa de 2 andares, parece que pertenceu a pessoas influentes…


Decido dar uma olhada por dentro.


Livros e jornais não passam despercebidos à quem explora lugares abandonados.
(Os títulos em letras garrafais dizem: “Luz do sol no vale do governo”, “Redução na posição de destaque” e “investigação na represa Kuromata” Riso For  rusmea.com)


Sobre o que um dia foi um tatame, descansa o capacete de um pai de família.

Os vasilhames ‘pré-históricos’ de Fanta e de um refrigerante da marca Kirin.


Fotos de estrelas daquele tempo.

O natal desbotado de um passado longínquo.


Os poucos objetos abandonados, remetem diretamente ao passado.

Mudança de estação. 
Assim é a vila de Kurasawa no verão.

Por mais que fosse um lugar um tanto remoto na montanha, parece que a entrega de leite era garantida, como mostra a garrafinha vazia de leite da marca Meitou.


Se pode ver por toda a tranquila vila, a destruição causada pelas guerras de ‘survivor game’… (Survivor Game ou Sabaibaru Gemu é parecido com o paintball, em que se usa armas que calçam esferas BB de 5,5 milímetros Riso For rusmea.com)
Há locais onde foram erguidas até barricadas…


As árvores refletem o brilho sedutor desta caldeira.


Há pessoas que consideram esta vila abandonada, um lugar sinistro e amedrontador. 


Mas ao adentrar os seus domínios, se sente muita paz.
Para falar a verdade, eu gosto muito deste lugar.


Estas ruínas são perfeitas para exploradores urbanos principiantes como eu, assim que visitei a vila várias vezes, sempre com um guia.


A nostálgica Kurasawa…
Pena que este lugar já não é mais nem sombra do que foi um dia…


Esta boneca chegou a me assustar certa vez, mas não se encontra mais no local…


É uma vila em ruínas que está tentando se unir à natureza… 


Mas como sempre, o destino destas ruínas está selado pelas mãos dos homens/vândalos…

 …E não restará mais nada neste lugar…”

Mais algumas imagens:

Como disse antes, são poucas as publicações aproveitáveis sobre esta vila…
Fala sério! Riso For
A gente queira ver mais né? Riso For

então o que acharam ?curthyram ?acharam interessante ?bonito ?vamos la comente ;p
sore ja mata ne minna
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s