#27 A lenda do fantasma que comprava balas


243323

Konnichiwa Minna

 

Hoje venho com mais uma lenda para vocês uma bem interessante por sinal e que achei bem curiosa e diferente é ade Ko sodate amê,que é conhecida como O fantasma que comprava balas” e  “O fantasma que cria uma criança“, é popular portanto há muitas versões porém está é a mais famosa e concordo com o porque e de qualquer forma sigam com o post ne é claro créditos para Rusmea !!!
Optei pela versão mais popular e conhecida. Riso For

 

A lenda do fantasma que comprava balas

Fonte Fonte Fonte Help Fonte Fonte Fonte Fonte

Segue:

Certa noite, após a lojinha de doces ser fechada, o dono sente uma batida na janela e ao atender encontra uma jovem mulher de rosto pálido e cabelos descuidados.

-Me dê balas por favor…” Ela disse enquanto oferecia um centavo de zeni.
O doceiro achou estranho, mas como a jovem pedia num sussurro com um profundo ar de tristeza, ele lhe vende as balas.

Na outra noite a mulher volta a aparecer com a mesma frase: “-Me dê balas por favor…
Entregando ao desconfiado homem, o centavo como pagamento.
Novamente o carameleiro vende as balas, mas ao perguntar a jovem “-Onde vossa mercê vive?” ela simplesmente vai embora sem responder.

E assim foi na outra noite e na noite seguinte em que a mulher vinha comprar do mesmo modo porém, heis que na sétima noite ela disse: “-Eu não tenho mais dinheiro. Por favor, O senhor poderia me dar as balas em troca deste casaco haori?
O confeiteiro sente tanta pena da mulher que aceita a sua oferta e lhe entrega as balas em troca do abrigo.

No dia seguinte, o alfeloeiro põe a peça de roupa que a mulher havia deixado para secar ao sol.
Um abastado homem que estava passando na rua vê, entra na lojinha e diz:
-Esse agasalho estava no caixão de minha filha morta há alguns dias atrás. Onde foi que tu conseguiste essa peça?
Ao ouvir isso o baleiro assustado conta as circunstâncias em que a mulher vinha comprar as balas todas as noites.

O abastado senhor também fica muito surpreso e junto com o doceiro, segue até a tumba da filha onde lá eles ouvem o choro de um bebê vindo da cova de terra alta.
Eles desenterram e encontram um menino recém nascido do cadáver da mulher que o mantinha em seus braços e nas mãos da defunta, estavam as balas da lojinha.

O Homem rico conclui: “-Tinha a certeza de que o filho que ela esperava para esses dias, havia morrido com a mãe e a enterrei assim mesmo. O corpo de minha filha pariu e para salvar a criança, ela foi em espirito comprar as balas todas as noites.

Ao retirar o bebê da cova pegando-o no colo ele sentencia: “-Eu vou cuidar muito bem desta criança como se tu o criasse minha filha.” e nesse momento, como que concordando, o cadáver que olhava rígido para o céu até então, finalmente deixa cair a cabeça em descanso.

Dizem que a criança foi entregue mais tarde, a um templo familiar se tornando um grande monge de extrema virtude.

Ah! Riso For As imagens que ilustraram esta lenda até aqui são do site tabelogque publicou as imagens da lojinha da lenda localizada em Kyoto. O nome da doceria não podia ser outro:  “Ko sodate amê” (Bala criadora de criança Lit. NDT) Riso For

Detalhes adicionais:

Existe um Japonês que afirma ser um descendente direto do bebê que mais tarde se tornou monge da lenda, e conta com um longo pergaminho com a sua árvore genealógica como prova ( Rusvalino viu essa curiosidade pela TV Riso For )

O preço do pacote de balas mostrados nesta postagem é de 500 Ienes (Aprox. 10 Reais)
Quando eu Rusmea, cheguei no japão, provei a “legítima” balinha da lenda vendida em Kamakura Riso For
Nada mais era que apenas doce. Como açúcar quase queimado. DILIÇA! Riso For

Existem várias lojinhas fora a apresentada aqui, que reivindicam ser a doceria da lenda.

Outro tipo de balinha da lenda, na imagem acima, comercializada por outra lojinha como a da placa abaixo…

Também existem vários túmulos pelo país como sendo o da lenda.

Túmulo de Kanazawa acima e de Fukuoka abaixo segundo a fonte…

Esta lenda é idêntica ao conto “A mulher que comprava balas” que figura nas narrativas de fantasmas das crônicas do reinado de Nansou 1127-1279. Portanto, estima-se que se trata de uma adaptação do antigo conto Chinês.

então o que acharam ?legal ne qual sua opnião ?
Anúncios

4 Respostas para “#27 A lenda do fantasma que comprava balas

  1. e bem interessante essa lenda e ao ver a bala fiquei com vontade de experimentar :3 e ate msm me lembrei de uma vez en que uma amiga da minha familia trouxe um algodão doce do Japão e eu comi claro hehe e ainda nn consigo esquecer daquele gosto azedo 😛 só pelo nome da lenda já fiquei imaginando do que se tratava porque “o fantasma que comprava balas” acho q me deixou sem idéias no momento mas eu curthy essa lenda haushaush e claro nn podia me esquecer feliz dia das mulheres pra vc (apesar d estar comentando a noite)

    • ne, eu tbm fiquei com mtta vontade, nuuus que loukoo cara como vc tem sorthy, bem coisas diferentes como esta e ainda mais do japão é claro que não esqueceria ne kkkkkkkkkk nuuus cara vllw pra vc tbm (hehe n eu sabia que era dia das mulheres hehe só mo desligada sobre estes dias kkkkkkk )

      • eu nn sei do q era o algodão doce mas claro todos q provaram fizeram cara feia hehe e mto azedoo haushau e tb sou desligada sobre esses dias só me lembrei pq geral no face tava postando e pra onde ia só se falava disso ;p

      • kkkkkkkkkkk bem coisas do exterior são sempre diferentes, deve etr sido bem engraçado o povão fazendo cara feia ne eu trinkaria kkkkkkkkkk qe isso eu tbm so desligada fica tranquila kkkkkkk qe isso menina ficando dia todo no face kkkkk brinks brinks ;p é coisa nova todo deus e mundo sabe ne kkkkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s