#37 As cavernas dos ventos de Aokigahara


256724

 As cavernas dos ventos de Aokigahara

Konnichiwa Minna

 

 

Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte

Hoje venho trazendo mais um pouco sobre Aokigahara porém hoje é sobre suas famosas cavernas dos ventos,Eu já estava “namorando” os sites com as matérias informais sobre as cavernas dos ventos de Aokigahara, ou mais conhecida como a “floresta dos suicidas” Riso For
Mas ontem o correspondente Mikio, me deu um reforço ao dizer que não havia visto nada sobre o assunto em Português, como muitas matérias do blog rusmea.com Riso For
Assim sendo, tratei de compilar o que pude encontrar de informações sobre essas cavernas de gelo…
No qual, não achei muita informação técnica sobre essas cavernas… Riso For  e super créditos ao Rusmea !!! que teve todo o trabalho de conquistar tal post mtoo foda!

Segue:

Segundo as fontes:
Kaza-ana ou as cavernas dos ventos no pé do Monte Fuji, se originaram de várias partes ligadas ao vulcão, quando a lava sob pressão gerou gás internamente, que ao entrar em contato com a atmosfera fria, se retraiu, causando uma diferença de pressão com o interior quente e ao solidificar, criou as cavernas e outras formações rochosas.

Essas cavernas ainda não foram bem exploradas e catalogadas, no qual este que vos escreve, Rusmea.com, contou apenas com os relatos, impressões e registros de exploradores informais para a elaboração desta postagem.

Aqui imagens de uma dessas cavernas em sua primeira exploração

Segundo eles, há cavernas com mais de 1 quilômetro de extensão, mais de 60 metros de profundidade em declive de 40 graus, nas partes amplas,a altura até o teto, supera 10 metros por 11 a 12 de largura.
Também existem outras pequenas grutas espalhadas por Aokigahara.

Quase todas tem as suas paredes internas cobertas de gelo eterno, que mesmo no verão, o frio é intenso cuja temperatura média pode chegar a 0 grau. Por esse motivo, também são conhecidas como “cavernas de cristal” ou “cavernas de gelo” do Jukai.

Segundo fonte, as cavernas são geladas por rios subterrâneos ou pela ação de troca de calor da lava nas profundezas e são chamadas de “cavernas dos ventos” pela grande diferença de temperatura entre seu interior e exterior.

O piso desta caverna lembra uma pista de skate no gelo…

Cobertas com verdadeira pistas de gelo, o chão é bem escorregadio, no qual, os aficionados recomendam o uso de botas com cravos além de um equipamento básico como capacete, lanternas, luvas, etc.
Do teto, a umidade gera estalactites que por sua vez, criam ao gotejar, estalagmites formando umambiente mágico.

Os exploradores dessas cavernas dos ventos da floresta dos suicidas e arredores do Monte Fuji, mesmo sendo informais, seguem a risca o código de conduta de todo explorador de cavernas do mundo, no qual, o Brasil é exemplo  nessa atividade:  “De uma caverna, nada se tira além de fotos, nada se deixa além de pegadas, nada se leva além de saudades, nada se mata além do tempo…” 

Aqui uma outra caverna localizada no famoso “bosque dos suicidas”

Esta é apenas uma entrada das várias cavernas dos ventos
“Esta caverna dos ventos está localizada no sudeste da floresta de Aokigahara.
Se trata de uma das maiores cavernas da região e foi tombada como patrimônio natural.
Como o local não é uma área turística, o uso de capacetes, lanternas e grampos nas botas, são indispensáveis em qualquer exploração pelas escorregadias grutas dos ventos.

Avançando pela área de lava desmoronada, onde as gotas formadas pela umidade, se tornam estalactites em grande quantidade no teto da caverna. No verão, essas formações gotejam, mas no inverno formam essas lâminas de “cristal” gelado.


Uma imensa estalactite


No fundo da caverna há uma formação de árvore de lava (Vestígios de uma árvore de quando a lava fluiu deixando mais tarde com a sua decomposição, um buraco no lugar)


E estalagmites cristalinas.


Algo particularmente recomendado nestas cavernas, são o seu ambiente com um surreal “assoalho” de gelo.
Do teto gotejante da caverna, a água cria estalagmitesque são formações no chão, inversas as estalactites do teto, cujas formações causam um grande impacto visual.
 

Entrada da caverna, ao fundo a luz da lanterna de um companheiro.


As estalagmites de gelo e a luz.


Acontece muito quando se fotograva em longa exposição na escuridão dessas cavernas, quando a pessoa se move criando um “fantasma” na fotografia.


Uma típica estalagmite de gelo


A mesma obra de arte estalagmite por outro ângulo


Nós cedemos algumas destas imagens a um programa de televisão interessado na raridade do tema.
Esta imagem que mais parece um cenário de filme de ficção científica, foi obtida ao utilizar uma luz forte num grande salão da caverna. Uma imagem que só foi obtida através de um belo trabalho em equipe.



Dados da caverna dos ventos – 582 metros de comprimento, 8.8 metros de altura e 10.8 metros de largura no ponto mais amplo.
Posição:
Latitude norte 35 ° 27’03 0,1
Longitude leste 138 ° 39’08 .2

Naturalmente que algumas dessas cavernas geram uma atividade comercial, como o caso da caverna dos ventos de Fugaku, que conta com uma verdadeira vila comercial nos seus arredores.

Aqui o mapa da caverna Fugaku devidamente (mal Riso For ) traduzido 
video da entrada de uma das cavernas da floresta dos suicidas
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s