#29 Urinji – o templo dos gatos no Japão


354734_art_pejzazh_xram_derevya_cvetushhie_cvety_most_dor_1680x1050_(www.GdeFon.ru)

 Urinji – o templo dos gatos no Japão


 

Fonte Fonte Fonte Fonte Fonte

Konnichiwa Minna

 

Sei que há pessoas que não gostam mas há outras que sim, que tal um templo dos gatos??? interessante né, mas há um motivo para este ter sido criado, uma grande história por de trás… sigam adiante para conferirem por is mesmos! créditos para Rusmea!!! ah e o Terror Japonês chegou ao top ontem com cerca de 93 visitantes!! incrivel ne kkkk mas é claro não pararei por ai, buscarei por mais posts interessantes para vocês e para conquistar novos leitores hehe !!!

 

Segue adaptação:

O templo está localizado na cidadezinha de Hagi, no oeste do Japão, na província de Yamaguchi. Hagi possui várias atrações históricas e culturais, incluindo um castelo em ruínas e um quartel samurai preservado. O templo se chama Urinji, porém é mais conhecido como Nekodera ou, o templo dos gatos.

Enquanto que as flores Amaryllis de Unrinji também atraem os visitantes, o templo é mais conhecido por suas estátuas de gatos e esculturas.

Unrinji chega a substituir os macacos do provérbio ‘Não ver o mal, não ouvir o mal, não falar o mal’ por gatos. (Eu  conhecia por: ‘Um não viu, outro não ouviu e quem viu e ouviu, não pode falar’.NDT. rusmea.com)

A história de Unrinji está conectada ao do clã samurai Mori , que fez do Castelo de Hagi, a base de seu poder. Quando o Senhor Mori Terumoto faleceu, seu retentor Nagai Motofusa estava tão perturbado que cometeu suicídio ritual, a fim de se juntar ao seu mestre na vida após a morte.

Este ato extremo de fidelidade deixou o gato de estimação de Nagai, sem ninguém para cuidar dele.
O sentido samurai de lealdade parece ter tocado o animal, e pelos próximos 49 dias consecutivos, o gato se recusou a deixar o túmulo de seu mestre no templo Tenjuin.

Por fim, a pobre criatura sucumbiu à sua dor e mordeu a própria língua, tirando a própria vida, assim como seu dono fez quando perdeu seu mestre.
A lenda diz que naquela noite, os outros gatos que viviam nas redondezas, choraram de tristeza. Ao ouvi-los, o sacerdote de Tenjuin se encheu de piedade. Ele realizou então, um serviço memorial para encomendar o espírito do animal, para que tivesse paz e após o qual, o choro dos gatos da vizinhança parou imediatamente.

Tenjuin não está mais em pé, mas a sua reverência religiosa para com os gatos, continua nas proximidades em Unrinji, onde até os amuletos de boa sorte do templo, possuem forma de gatos, e as tabuinhas de desejo são pintadas com uma variedade de rostos graciosos de felinos.

Informações:
Unrinji / 雲林寺
Endereço: Yamaguchi-ken, Hagi-shi, Kibekami 2489
山口県萩市吉部上2489
Aberto das 9 a.m. as 5 p.m.
Facebook do templo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s