“Tsurara Onna” A Lenda da Mulher de Gelo


image

Konnichiwa Minna

  Hoje venho a vocês trazendo um co to bem interessante porém meio macabro de certo modo. Um simples desejo subitamente realizado mas que ironicamente ao invés de fornecer apenas felicidade acaba que por ter  um final vermelho. Créditos Caçadores de lendas! Aqui há um outro conto de certa forma similar Yuki Onna!

“Tsurara Onna” A Lenda da Mulher de Gelo

Uma manhã de inverno, ele estava olhando para fora da janela, quando passou a perceber alguns sincelos pendurados sob o beiral de sua casa.

Ele disse para si mesmo: “Eu gostaria de ter uma mulher tão alva e bela como esses pingentes”.

Naquela mesma noite, houve uma batida na porta da frente de sua casa. Quando o homem atendeu, surpreso, viu uma mulher de uma beleza estranhamente sobrenatural parada bem em frente a sua porta. O seu corpo era elegantemente longo e delgado e seu rosto estava pálido como a neve. Ele a convidou a sair do frio.

image

A bela e estranha mulher acabou por ficar e, conforme o tempo passava, o casal se apaixonou. Eles decidiram viver na pequena cabana como marido e mulher.

Houve apenas um pequeno problema. O homem percebeu que sua bela esposa tinha um estranho habito, ela nunca tomava banho. Sempre que tentava falar sobre isso, ela se recusava a discutir o assunto.

Um dia, o marido já cansado da situação, agarrou a mulher e arrastou-a para o banheiro. Ela gritava e chorava, tentando se esquivar para longe dele. Decidido, jogou-a na banheira de água quente, em seguida, deixou-a lá batendo a porta atrás de si.

image

Uma hora se passou e tudo o que o homem pode ouvir foi o silêncio. Não havia sons de salpicos d’água vindo do banheiro, nem nada. Pensando o quanto isso era estranho, ele abriu a porta e olhou para dentro.

Ele estava vazio. Sua esposa tinha desaparecido. Tudo o que ele viu flutuando na água, foi o pente de cabelo que sua mulher sempre usava.

O homem estava com o coração partido. Ele imaginava que sua esposa, aborrecida com o acontecido, o havia deixado, fugindo. Então, mesmo contrariado, decidiu seguir em frente com sua vida.

Poucos meses depois, ele conheceu uma nova mulher e eles se apaixonaram. Em pouco tempo, ela veio morar com ele e  passaram os meses felizes juntos, até que o inverno aproximou-se novamente.

Após uma noite de forte nevasca, o homem olhou pela janela e viu um enorme pingente sob o beiral do telhado de sua casa. Aborrecido com suas lembranças, decidiu  sair para derrubá-lo, mas havia uma mulher do lado de fora, parada sobre a neve. Ele a reconheceu. Era sua antiga esposa.

image

Dentro da casa, a nova mulher ouviu um grito de agonia terrível. Ela correu para fora e encontrou o homem já morto deitado na neve. Ao redor de sua cabeça, o sangue quente tingia de vermelho a branca neve. A seu lado, um único e grande pingente de gelo que havia perfurado seu olho penetrando profundamente em seu cérebro, matando-o instantaneamente.
image

Eai gostaram??se sim então comentem!!!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s